Eixo CULTURAL Rio – São Paulo nessa sexta e sábado, no Destinos e Receitas. Ontem Museu Gucci, em Sampa (aqui), hoje exposição Salvador Dalí, no Rio de Janeiro.

Começou ontem (dia 30) a mais completa exposição do artista espanhol já organizada no Brasil. Nela, são apresentadas 150 peças do maior representante do surrealismo. Entre elas, destacam-se pinturas, gravuras, assim livros, fotografias, filmes e objetos que retratam a evolução da arte de Salvador Dalí. A exposição acontecerá até 22/09/2014 e depois, em outubro, irá para o Instituto Tomie Ohtake, em São Paulo e lá ficará até dezembro.

CCBB Salvador Dalí

A mostra será organizada pelo Centro Cultural Banco do Brasil (CCBB) no ano em que se lembram os 25 anos da instituição e possui entrada GRATUITA – Ê!!!! Adoramos esta palavrinha!

As obras expostas são de três instituições grandes instituições: Fundação Gala-Salvador Dalí (Figueras, Espanha); Museu Salvador Dalí (Flórida, EUA) e o Museu Rainha Sofia (Madri, Espanha). As três instituições realizarão conjuntamente a curadoria da exposição, sob o comando de Montse Aguer, curadora da Fundação Gala-Salvador Dalí.

Entre as obras selecionadas estão as primeiras pinturas de Salvador Dalí, quando o artista buscava inspiração na sua família e em paisagens; o período cubista; as obras que revelam seu interesse pelos pintores metafísicos e finalmente sua fase surrealista, estilo do qual foi o maior representante mundial e, por isto, é esta a fase que está representada em maior número de obras na exposição. Um dos destaques da mostra é o quadro “Figuras tumbadas en la arena” (1926), da época em que Dalí conheceu Pablo Picasso e foi influenciado pelo cubista.

“A mostra representará um recorte que cobre todos os períodos da trajetória de um dos mais importantes artistas espanhóis de todos os tempos”, conta o CCBB.

A organização da exposição terá um custo de R$ 9 milhõezinhos, grande parte deste valor provém de incentivos fiscais que o governo concede às empresas que financiam atividades culturais.

 

Salvador Dalí

(foto: CCBB – Salvador Dalí)

“A sala principal está dedicada ao surrealismo, há muitas obras surrealistas. Mas, naturalmente, quisemos apresentar toda a trajetória de Dalí. A primeira fase de Dalí não é nada conhecida no Brasil e a sua última também não. A princípio havíamos pensado em uma mostra apenas de surrealismo, mas decidimos que era muito importante mostrar toda sua obra. Há muita documentação para contextualizar esse Dalí”, disse Montse Aguer, curadora da exposição e diretora do Centro de Estudos Dalinianos da Fundação Gala-Salvador Dalí, que conheceu Dalí e trabalhou ao seu lado de 1986 até 1989, quando morreu.

Para saber mais sobre os eventos organizados pela CCBB em São Paulo, Brasília, Belo Horizonte e Rio de Janeiro, clique aqui.

Exposição Salvador Dalí

Horário: 9h às 21h

Valor: Gratuito

Centro Cultural Banco do Brasil Rio de Janeiro

Rua Primeiro de Março, 66 – Centro – CEP: 20010-000 / Rio de Janeiro (RJ)